Golpes e fraudes do Pix, saiba como evitá-los

O Pix realmente mudou as operações financeiras e facilitou a vida dos brasileiros. Com esse novo recurso, agora é possível fazer transferências ou pagamentos gratuitos em questão de segundos. 

No entanto, o número de golpes e fraudes do Pix aumentou drasticamente nos últimos meses.

Os golpistas acompanham os avanços tecnológicos, buscando diversas maneiras de enganar suas vítimas.

Neste artigo, abordaremos os diversos golpes e fraudes mais comuns do Pix, para que você fique atento e saiba como evitá-los.

Conheça os golpes mais golpes do Pix. Fonte: CNN Brasil

Os truques e golpes de Pix mais populares

As fraudes do Pix mais comuns são diversas. Enquanto alguns deles são simplesmente adaptações de esquemas anteriores, outros investigam as características deste novo sistema de pagamento. Conheça os cenários mais típicos e como evitá-los.

Para roubar dados, são usadas páginas e arquivos falsos

A construção de páginas falsas para enganar os usuários é uma fraude do Pix que tem assustado muita gente. O plano é direcionar as vítimas do golpe para sites falsos onde suas informações financeiras seriam roubadas.

Para utilizar o Pix, os usuários devem primeiro criar uma chave, que pode ser um número de telefone, endereço de e-mail, número de CPF ou um número aleatório. 

Mensagens e e-mails com link para registrar a chave Pix são entregues no mesmo momento, levando a uma página falsa construída pelos golpistas.

Dados como nome, CPF, conta bancária e outros detalhes são solicitados nessas páginas falsas, permitindo que criminosos roubem dinheiro das contas. 

Portanto, sempre verifique se você está no site oficial do seu banco antes de inserir qualquer informação, verifique se a página possui um cadeado do lado da URL, cheque várias vezes se o site é de fato da empresa que você possui conta. 

Falha no Pix

O golpe “Falha no Pix” é baseado em engenharia social, com a promessa de uma recompensa ao usuário. Os golpistas convencem as vítimas por meio de mensagens de que o Pix tem uma fraqueza que pode beneficiá-las.

No entanto, para aproveitar essa “oportunidade desfarçada”, o usuário deve primeiro realizar uma transferência Pix para uma chave especificada .

Em geral, a garantia é que o valor transmitido será dobrado (mas outros golpes semelhantes podem ser aplicados). Seja qual for o caso, isso é simplesmente uma farsa para incentivar os consumidores a enviar dinheiro.

Os usuários podem realizar uma transferência impulsivamente em poucos segundos porque é uma forma muito prática e fácil. E, depois de dar mais atenção ao golpe Pix, é tarde demais para recuperar os fundos.

Clonagem do whatsapp

O golpe clonado do Whatsapp já era usado há muito tempo antes do Pix, mas esse novo método de pagamento o torna muito mais eficaz .

Os golpistas tentam clonar a conta do Whatsapp da vítima e, assim que têm acesso à lista de contatos, começam a solicitar dinheiro via Pix.

Atente-se a essas dicas:

  1. Para evitar ter o WhatsApp colocando, não compartilhe códigos ou outros detalhes com estranhos.
  1. Não envie dinheiro para amigos ou conhecidos que pedem dinheiro sem antes verificar se eles são quem dizem ser.

Perfil falso do WhatsApp

Outros golpistas criam perfis falsos das vítimas em vez de clonar o Whatsapp. Quando eles criam uma conta no Whatsapp com o nome e a foto da pessoa, estão se passando por ela.

Como resultado, eles começam a solicitar dinheiro de amigos e familiares, afirmando que o número é novo.

Mais uma vez, o melhor conselho é verificar novamente se o indivíduo em questão é quem ele diz ser antes de se envolver em qualquer forma de transação financeira. Você pode responder rapidamente a essa pergunta fazendo um telefonema, por exemplo.

Centros de atendimento ao cliente falsos

Outro golpe relacionado ao Pix envolve a criação de call centers falsos. Os golpistas se passam por bancos ou outras instituições no WhatsApp, solicitando informações confidenciais ou entregando links perigosos.

Sempre entre em contato com seu banco pela internet, aplicativo ou pessoalmente em sua agência para evitar que isso aconteça com você. Além disso, esteja ciente de URLs que solicitam informações financeiras.

Como você pode se proteger de golpes e fraudes?

Acabamos de aprender sobre algumas das fraudes mais comuns e como elas são usadas com o Pix. Mas como você pode evitar se tornar uma vítima das ações de pessoas? 

Aqui estão algumas dicas a serem consideradas:

  • Sempre verifique o remetente dos e-mails recebidos e evite visitar sites questionáveis .
  • Para registrar a chave Pix, nunca clique em URLs enviadas por e- mail, WhatsApp, redes sociais ou SMS. Em vez disso, verifique o site ou aplicativo do seu banco ou ligue para o Atendimento ao cliente para verificar se a mensagem é legítima.
  • Use apenas os métodos oficiais dos bancos para registrar suas chaves Pix , como o aplicativo bancário, Internet Banking ou agências;
  • Nunca forneça o número de verificação que você recebeu ao registrar sua chave Pix;
  • Não faça cadastros no Pix usando números de telefone ou contatos do WhatsApp. Esta é uma prática inexistente;
  • Senhas e códigos de acesso não devem ser compartilhados fora do site ou aplicativo do banco;
  • Não faça transferências para amigos ou familiares sem antes verificar por telefone ou pessoalmente se a pessoa em questão é quem diz ser, as informações de contato da pessoa podem ter sido clonadas ou forjadas;
  • Fique de olho no seu número de CPF para se certificar de que você não foi vítima de fraude Pix;

Essas informações te ajudaram? Compartilhe essa informação com mais pessoas, assim evitaremos que mais pessoas sejam lesadas por essas pessoas mal intencionadas.

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência.